9 – Coisas que todo Cristão deva saber

Anúncios

Antes de mais nada, sou cristão, fui professor de escola dominical, mas parei para poder dá atenção para minha família, família vem antes da igreja, família só não vem antes de Deus.

1 – Família deva vir antes da igreja, só não antes de Deus, mas isso é complexo, pois fazer o bem para a família é algo agradável a Deus.
2 – Não confunda fazer a obra de Deus com ter atividades na igreja, uma coisa é ter atividades na igreja, outra é fazer a obra de Deus, a vontade de Deus é que amemos ele acima de tudo e ao próximo como a nós mesmo.
3 – O evangelho de cristo é simples, mas a religião complica ele.
4 – Nunca aceite nada que alguém fale (inclusive eu), certifique de ler a bíblia para tirar suas conclusões.
5 – Acredite, não existe igreja perfeita, ela é feita de humanos, seu pastor não sabe tudo, ele é humano.
6 – Existem convicções que eu e você tem, mas que no final vamos descobrir que estávamos errados, mesmo que estávamos cheios de certeza que estávamos corretos, uma coisa ou outra vamos descobrir que estávamos errados, ninguém sabe tudo.
7 – Não seremos salvos porque sabemos que isso e aquilo é dessa forma, mas pela graça de Deus, no último momento de vida, quando formos arrebatados ou morrer, em resumo quando formos para a glória com Cristo, seremos tão indigno da salvação quanto éramos quando aceitamos Jesus, não merecemos, só o Sangue de Jesus que nos faz merecedor, sem este sangue, sem salvação.
8 – Não limite seus conhecimentos ao que é pregado na igreja, tem muita coisa errada que pregamos, na igreja tem muito de culpar o diabo, a pessoa faz coisa errada e falam que ela está endemoniada (pode ser que esteja, mas nem sempre).
9 – Pedro servia a Jesus, mas foi usado pelo Diabo, não quer dizer que não seja servo de Cristo quem peca ou faz alguma coisa errada, quer dizer que ele falhou e deixou ser usado, ou fez por conta própria. Somos pecadores, pecados, não vivemos em estado de pecado, mas pecamos.

Finalizo com um texto que um amigo (Leonardo Novais) postou no Facebook:

A frase: “Em coisas essenciais, unidade; nas não-essenciais, liberdade; em todas as coisas, caridade”, proferida por Rupert Meldenius e citada por Richard Baxter, e estava tentando encontrá-la, mas sem sucesso.
Esta frase resume meu posicionamento à respeito das diferenças teológicas existentes entre as diversas denominações religiosas.
Traduzindo, as questões que são fundamentais para a salvação, como o fato de crermos que Jesus é o filho de Deus que veio libertar os cativos e oprimidos; no fato de que não acreditamos que exista outro caminho para o Pai a não ser Jesus, devemos ter UNIDADE; nas questões classificadas por “não essenciais”, podemos ter liberdade, OU SEJA, podemos crer nas diversas “TEORIAS” que existem, como é o caso do pré, midi ou pós tribulacionistas, o tipo de batismo correto, dentre outras e para finalizar, em TODAS AS COISAS, devemos ter amor.
Como acadêmico e professor, não posso aceitar alguém ser dono da verdade e criticar “X”, “Y” ou “Z”, por acreditar em uma teoria ou outra, pois o campo da discussão e aprendizado é fértil.
Aprendamos a ouvir e respeitar uns aos outros.

 

If you enjoyed this post, make sure you subscribe to my RSS feed!